Moxaterapia

A moxabustão, como o nome já sugere, significa o tratamento efetuado através da queima de uma erva medicinal denominada Artemísia Artemísia vulgaris e sinensis), que produz um aquecimento muito particular com efeitos profundamente benéficos e terapêuticos no corpo humano. A artemísia, uma vez trabalhada, com a finalidade terapêutica, é conhecida com LÃ DE MOXA, ou simplesmente MOXA ou Diu. Pode ser obtida, de forma fácil, através do secamento das folhas da artemísia e de sua redução a pó, esfarelando-a com as mãos ou em um pilão próprio, até que fique uma massa uniforme que mais nos lembra uma forma de lã vegetal.

Quanto mais velha melhor. Ela tem a propriedade de aquecer profundamente e, através do calor, remover obstruções dos meridianos, eliminando a umidade e o frio que promovem disfunções no organismo. A MOXA deve ser feita na forma de um cone. O menor não passa do tamanho de uma grão de trigo, o médio teria a altura aproximada de um caroço de feijão preto (+ ou – ½ cm) e o maior não deve passar de 0,8 mm de base por 1 cm de altura.

Os médicos orientais, hoje em dia, preferem o uso dos bastões de moxa. Aqui, é mais usado o processo tradicional. Colha a artemísia e prepare você mesmo sua própria moxa, confeccionando também seu próprio bastão ou cigarro de moxa. Basta enrolar, numa folha de papel, uma quantidade de moxa suficiente para transformá-la em bastão ou cigarro (o papel deve ser absorvente, tipo lenço de papel).

A moxaterapia é indicada para vários tratamentos como:
Nervo ciático
Miomas
Cistos
Burcite
Tendinite
Dor lombar
Hérnia de Disco
Impotência Sexual
Frigidez
Friagem Corporal


Carrinho de Compras
Seu carrinho está vazio =(
Continuar comprando
0